Horário de verão serve para alguma coisa?

image

(IMAGEM: Wikipedia Commons/U.S. National Oceanic and Atmospheric Administration)

Quando termina o horário de verão esse ano?
No domingo, dia 17 de fevereiro, à meia-noite. O relógio deverá ser atrasado em uma hora. Ou seja, para as 23h do sábado.

Para que ele serve mesmo?
Para economizar energia e evitar sobrecarga da rede elétrica. A ideia é a seguinte: no verão, os dias são mais longos, portanto, temos mais luz disponível. Para aproveitar ainda mais essa luminosidade, adianta-se o relógio em uma hora. Demora mais para ficar escuro, o que faz as lâmpadas e outros aparelhos ficarem ligados por menos tempo.

Acontece no país todo?
Não. Só nas áreas mais afastadas da linha do Equador, onde os dias ficam mais longos durante o verão. Em lugares próximos ao Equador isso não acontece, portanto, não faz sentido haver horário de verão.

Só no Brasil se faz isso?
Pelo mundo todo, incluindo Europa e Estados Unidos. O primero país a adotar o horário de verão foi a Alemanha, em 1916. Mas a ideia já existia desde 1784: Benjamin Franklin (político e inventor americano) já havia sugerido essa medida. Desde o verão de 1931/1932 o Brasil adota o horário especial.

E adianta mesmo?
Sim. A cada ano a economia é de 160 milhões de reais, considerando-se todos os estados que participam.

Muita gente diz que tem dificuldade para se adaptar toda vez que ele começa ou termina. É verdade?
Sim. Segundo especialistas, a mudança da quantidade de luz afeta nossa produção dos hormônios relacionados ao sono. Leva mais ou menos uma semana para que o corpo se acostume com essa hora a mais (ou menos) no dia.

Saiba mais:
Portal EBC
GloboNews
Cemig