O que é a lei Carolina Dieckmann?

(Foto: Divulgação)

O que é a lei Carolina Dieckmann?
É uma lei que entrou em vigor no dia 2 de abril desse ano e diz que invadir aparelhos eletrônicos para roubar dados passa a ser crime.

Como assim, “dados”?
Qualquer coisa que esteja armazenada em um computador, tablet, smartphone, enfim, em um desses aparelhos que hoje usamos para acessar a internet e guardar fotos, documentos, senha de banco.

Antes não era crime?
Era, mas não existia nenhuma lei específica para os tempos atuais, em que todos os nosso aparelhos estão conectados à internet e os hackers criam, a cada dia, jeitos novos de tentar nos enganar. 

E por que a lei tem o nome da Carolina Dieckmann? Ela é deputada e eu não sabia?
Não, esse é só o apelido da tal da lei. E, não, ela não é deputada. Quem sabe no ano que vem, mas eu duvido muito. Ela tem esse nome porque no ano passado vazaram fotos, digamos, íntimas da atriz, que foram roubadas por um hacker. Estavam no e-mail dela. Na mesma época, o projeto da lei estava tramitando na Câmara dos Deputados e a imprensa e os nosso representantes aproveitaram o caso e deram esse nome informal.

Desculpa a ignorância, mas como conseguiram roubar as fotos dela?
Bom, esse blog se chama ‘Me Explica?’, estamos aí para isso. Os hackers fazem isso invadindo o dispositivo da pessoa. Isso pode ser feito de vários jeitos, mas, geralmente, eles usam aqueles famosos e-mails que enganam a gente. Sabe? Aqueles links estranhos que as pessoas mandam pelo (falecido) MSN – do tipo “Meu, olha essas fotos da festa!”-, que instalam vírus no computador.

Sério? Pensei que essas coisas só deixassem o PC lento…
Pois é, eles podem roubar dados guardados no HD e usar o seu PC como robô. Por isso, é preciso ter muito cuidado com e-mails estranhos e mensagens estranhas, mesmo que sejam de conhecidos nossos.

Puxa vida. Tem um amigo meu, um primo, na verdade, que guarda umas fotos, hã, pessoais no PC… Ele está meio preocupado agora. O que posso, quer dizer, o que ele pode fazer?
Primeira coisa: o seu primo tem que tirar tudo do HD e guardar em outro lugar. Num HD externo, por exemplo. Depois, passar um belo antivírus. Se as fotos também estiverem no e-mail, apague tudo. Digo, mande ELE apagar tudo. E esvaziar a lixeira também.

Só uma última dúvida: um outro amigo meu tem um blog e quando essas fotos vazaram, ele postou uma delas. Não tinha nudez nem nada. Tem problema?
Tem sim. Não é só quem rouba as fotos que comete o crime. Quem redistribui também. Mesmo que seja por e-mail, para um amigo. Ou no blog pessoal. E mesmo que seja uma das fotos da Carolina Dieckmann sem nudez. 

Saiba mais:
G1
UOL
Link Estadão