Vazou óleo em São Sebastião?

image

O que aconteceu lá em São Sebastião? Vazou petróleo?
Não foi petróleo, não. O que vazou na sexta-feira foi um combustível usado pelos barcos, chamado  “marine fuel 380“. Mas pelo que disseram as autoridades, ele é denso e oleoso como o petróleo. Suja pra burro e deixa o mar manchado.

Mas como assim? Afundou um barco?
Foi durante o abastecimento de um barco que o acidente aconteceu. A embarcação estava no Terminal Almirante Barroso e o combustível vazou pelos canos que o levam do píer até o terminal, que fica longe da terra.  

E o que é esse terminal?
É um lugar que serve para distribuição do petróleo. Ele é colocado em navios petroleiros e distribuído pelo Brasil. Segundo a Transpetro (empresa de transporte da Petrobrás), por esse terminal passa 50% do petróleo do Brasil.

O que vai acontecer?
Bom, primeiro a Petrobrás vai tomar um multa da pesada: R$ 10 milhões. Agora, esse combustível oleoso tem que ser removido porque ele está se espalhando para as praias da região. 

Vai estragar a praia, meu? Não acredito.
Pois é, já são nove as praias atingidas, de acordo com a Prefeitura de São Sebastião. Fora que a mancha já chegou também a Caraguatatuba.

Não dá pra arriscar um mergulhinho mesmo assim? Depois é só tomar banho com Limpol, sai todo o óleo.
Melhor não, amigo. A Vigilância Sanitária não recomenda entrar na água até que o todo o combustível seja removido.

É perigoso?
Muito. Se liga nessa: ele pode irritar o sistema gástrico, irritar o sistema respiratório, irritar a pele, causar sonolência e até causar câncer! Foge da água, meu amigo.

Saiba mais:
UOL
G1
Informações sobre o MF 380