Ixe, meu, eu lembro dessa história da Síria, você já falou sobre isso. Continua igual?
Continua. Quer dizer, talvez esteja piorando, por isso ouvimos falar desse assunto de novo. Ainda mais por causa do ataque da semana passada.

E faz diferença? Os caras estão na maior treta lá…
Bom, é verdade, mas foi bem grave o que aconteceu você não viu? No dia 21 de agosto, um ataque em Ghouta, perto da capital Damasco, matou mais de 1000 pessoas, dizem os rebeldes (os que estão lutando contra o Bashar Al-Assad, ditador do país).

Beleza, entendi, mas por que esse ataque foi diferente?
Por que há uma suspeita forte de que armas químicas foram usadas. Morreram várias crianças e pessoas normais, que não são combatentes.

Mas meu, os caras tão em guerra civil, né?
Sim, mas suspeita-se que esse ataque tenha sido feito pelo governo! Ordenado pelo Bashar Al-Assad. É tão grave que finalmente a ONU decidiu fazer alguma coisa e investigar.

Ué, mas eles ainda não tinham feito nada?
Nesse conflito não. Só agora os os EUA e as Nações Unidas estão começando a prestar mais atenção nessa história. Como eu já tinha explicado, existe um impasse na ONU porque os EUA são simpáticos aos rebeldes e a China e a Rússia, são aliadas do Assad. Mas hoje (26/08), inspetores da ONU foram à Síria para investigar se armas químicas foram mesmo usadas. Ele acabaram sendo alvejados por atiradores mas, até onde se sabe, não foram feridos.  E a imprensa disse que os EUA mandaram um navio para perto da Síria, o que pode indicar uma futura intervenção na guerra civil.

Cara, mas não era a tal da Primavera Árabe? Por que o Egito, a Síria, esses países todos estão entrando nessas guerras?
Bom, porque a situação política é muito complicada lá. Cada um tem as suas particularidades, mas é uma visão meio simplista achar que tudo se resolve de uma vez só, usando o Facebook pra marcar protesto. Existem divisões internas que são difíceis de conciliar. So no Egito a briga é entre o povo que quer um país menos religioso e a Irmandade Muculmana (partido religioso que apoiava o presidente deposto Morsi), na Síria o problema é um pouco diferente: um grupo religioso chamado alauíta está no poder há decadas, mas eles são minoria no país (11%).

Saiba mais:
Me Explica: Por que a Síria está em Guerra?
Guia do Dia: Guerra na Síria
Sobre os alauítas da Síria (blog do jornalista Diogo Bercito)
Vídeo e texto sobre o ataque (em inglês, na BBC)
ONU investiga ataque químico na Síria (G1)
Atiradores alvejam ONU (em inglês, no New York Times)
EUA deslocam navio para a Síria (IG)
EUA não têm dúvida de uso de armas químicas (UOL)

 

2 comentários

  1. Marco Pando

    Desculpe mas isso não explicou nada

    Pegou um apanhada de notícias básicas e ascolocou aí

    Como é injusto criticar sem especificar, aí vão as perguntas que, se repondidas acredito explicariam melhor a situação…

    Quais os grupos oposicionistas
    Como são as representatividades no sistema de Bashar
    Como se comporta as religiões minoritárias (coptas, cristão mais ortodoxos, drusos, etc…).

    No mínimo, para essa pergunta, uma resposta básica, seria em que pé está a guerra, quem está avançando, está um impasse, quais cidades estão em domínios dos rebeldes, etc…

    sinto, mas o site não corresponde ao seu proprio nome

    • Diogo Antonio Rodriguez

      Oi Marco! Suas perguntas são realmente muito boas! A ideia do site é dar um panorama das questões de uma maneira simples. Às vezes, é preciso explicar só as coisas básicas para situar quem não está acompanhando o noticiário. Até para que essa pessoa possa se aprofundar depois, se quiser conhecer o assunto com mais profundidade – como parece ser o seu caso. Obrigado por comentar!