Paulo André (Corinthians) é dos jogadores integrantes do Bom Senso F.C. (Foto: Divulgação)

Meu, agora até os jogadores de futebol vão armar confusão com política? O que eles querem, não entendi!
Pois é, eu não me lembro de ver isso acontecer antes. É o seguinte: 75 jogadores de vários clubes formaram um grupo para pedir mudanças no calendário do futebol brasileiro.

Só isso? Ah, pensei que eles estavam protestando contra o STF e o mensalão, Que inútil, não?
Olha, não é bem assim. Eles estão se organizando para melhorar as condições de trabalho. A gente está acostumado a achar que jogador não está nem aí para nada: bom, agora eles estão.

E por que resolver reclamar só agora?
Não sei dizer por que nunca fizeram antes, mas o fato é que o ano que vem vai ser bem complicado por causa da Copa do Mundo. Durante 45 dias, todos os campeonatos do planeta vão parar e isso vai afetar os torneios nacionais e internacionais. Aí, a CBF “espremeu” os campeonatos nos dias que sobraram e isso deixou o calendário muito pesado, com muitos jogos por semana.

Como assim?
Os campeonatos estaduais geralmente começam na segunda metade de janeiro, certo? Em 2014, a CBF marcou o início para dia 12/01. O Campeonato Brasileiro de 2013 termina dia 07/12. Se os jogadores tirarem 30 dias de férias, como geralmente acontece, os times vão ter só cinco dias para se preparar, o que é muito pouco.

Mas eles não podem fazer como eu, que às vezes pego uns 20 dias de férias e depois tiro o resto?
Pois é, foi justamente isso o que a CBF sugeriu, mas eles não querem aceitar. E antes que você xingue a mim e aos jogadores, deixa eu explicar: eles não vão aceitar isso porque foi imposto a eles. Segundo o que esse grupo diz, a CBF simplesmente não conversou com os atletas para pensar nesse calendário. Simplesmente soltou sem consultar ninguém.

Cara, mas é exceção, tem Copa do Mundo…
Verdade. Mas eles podiam ter se planejado antes. Pensado em diminuir alguns campeonatos, reorganizar os torneios. É por isso que os 75 jogadores estão reclamando.

Você está gostando dessa história, né? Aposto que esta ao lado dos jogadores.
Não estou do lado de ninguém. Estou só contando para você o que eu sei dessa história. Mas parece positivo o fato de que os jogadores estão tentando se articular para negociar com a CBF. Sempre é bom quando os poderosos não ficam com a sensação de que podem tudo. Principalmente quando falamos de boleiros, os profissionais que mais aparecem na televisão — e que mais dão audiência. Você não acha isso bom?

Ah, sei lá. Não importa. Então quer dizer que o sindicato deles começou a funcionar de verdade, é isso?
Não é isso. Esse grupo, que se chama Bom Senso F.C, não tem nada a ver com o sindicato. Eles são independentes.

E a CBF, hein? O que fez?
Ainda não fez nada. Pediu “bom senso” aos jogadores. Eles ainda não procuraram a Confederação com uma proposta oficial. Vão se reunir na semana que vem para decidir exatamente o que fazer.

Aí só muda em 2014?
Não, eles querem uma mudança geral, para todos os anos. A gente não sabe qual vai ser a proposta, mas eles devem pedir o encurtamento dos campeonatos estaduais e o a famosa “adequação ao calendário europeu”: os campeonatos começariam no meio de um ano e acabariam no meio do outro ano.

E isso adianta?
Bom, aí é um outro papo! A julgar como as coisas andam, daqui a pouco a gente vai conversar sobre isso e eu te explico melhor, pode ser?

Saiba mais:
Manifesto de jogadores coloca CBF contra a parede (Esporte Fino)
Jogadores lançam página do Bom Senso F.C. no Facebook (Terra)
Técnicos ajudarão atletas a formular calendário (Folha)
Paulo André acredita que o movimento terá mais adeptos (Estadão)
CBF pede boa vontade ao grupo (Folha)
Clubes temem desemprego (Folha)

Um comentário