Não entendo nada de futebol, mas vi que está a maior confusão no Campeonato Brasileiro. O que se passa?
Até quem entende e acompanha está meio confuso, não se preocupe. O que acontece é que, por vários motivos, não se sabe quem é que vai ser rebaixado e quem fica na primeira divisão.

Mas por quê? Quantas rodadas faltam pra acabar o campeonato?
Aí é que está: já acabou! A última rodada aconteceu no fim de semana passado! Mas alguns times entraram com ações no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e as coisas podem mudar. O resultado final do Brasileirão pode mudar, resumindo.

Nossa! Como assim? Que ações? Nem sabia que existia isso no futebol!
Pois é, existe. E olha, sempre dá muita confusão. Esse tribunal é responsável por suspender jogadores, técnicos, clubes. Ele faz as regras dos campeonatos serem cumpridas, basicamente. Nesse ano o que aconteceu foi o seguinte: o Vasco e o Fluminense estão entre os quatro times rebaixados de 2013. Mas duas ações no STJD podem mudar isso e livrar os dois clubes da segundona e colocar outros no lugar, como a Portuguesa e o Flamengo.

Poxa, me explica logo!
Você deve ter visto que no jogo entre Atlético-PR e Vasco saiu um briga feia, certo? O juiz parou a partida quando começou a violência e só deixou os times voltarem a jogar 71 minutos depois. Acontece que a regra do campeonato diz que o tempo máximo de espera para um jogo ser reiniciado é 60 minutos. Bom, o Vasco levou 5 a 1 do Atlético quando a partida voltou a acontecer e foi rebaixado. Por isso, entrou com uma ação no STJD pedindo que esse jogo seja anulado. Se o tribunal tivesse aceitado o pedido, o Vasco ficaria com três pontos e não iria para a segunda divisão.

Nossa, mas os torcedores do Vasco não brigaram? Foi culpa deles o jogo ter parado, não? 
Sim, é verdade. Culpa deles e dos torcedores do Atlético. Os clubes serão punidos por isso com certeza. Mas é uma outra história.  O Vasco está pedindo a anulação do jogo porque o juiz excedeu o tempo máximo de espera.

Mas me diz uma coisa: se eles estavam bravos com o tempo de espera e se estava violando as regras do campeonato, por que continuaram jogando?
Ótima pergunta! Eu também não sei. Mas que é estranho isso, é. Aliás, só pra te avisar: O Vasco perdeu a ação. Vai ser rebaixado mesmo. o STJD não aceitou o argumento.

E o Fluminense? Também entrou com ação?
Não, eles não. Nesse caso, um erro da Portuguesa pode salvar o Flu, que já usou a chamada “virada de mesa” outras vezes. A Lusa escalou e pôs pra jogar um atleta que estava suspenso. Segundo a regra, o time deve perder três pontos mais o ponto que conquistou na partida em questão. Ou seja: quatro pontos. O suficiente para rebaixar a Portuguesa e salvar o Flu.

Poxa, a Portuguesa quer argumentar ainda? Fizeram errado, poxa…
Pois é! Os dirigentes da Lusa alegam que o advogado deles não notificou o clube da suspensão, por isso, eles escalaram o jogador. Mas não deveria ser desculpa, não é? O advogado é representante do time. Se eles não se entenderam, a culpa é deles. Mas a Lusa também tem um outro argumento na manga: que o Cruzeiro cometeu o mesmo erro, mas foi punido de outro jeito. Teve só que pagar uma multa, sem perder pontos.

Eita, confusão! Mas o que vai acontecer?
Parece que o STJD vai tirar pontos do Cruzeiro também. Mas só  vai fazer isso agora, com essa comoção toda que o caso da Lusa gerou.

Acabou? É isso?
Hahaha, não! O Flamengo pode perder pontos também. E pelo mesmo motivo da Lusa: usar jogador suspenso quando não deveria. Se o Vasco tivesse ganhado a ação no STJD, o Mengão podia acabar na segunda divisão, mas eles se safaram.

Imagina na Copa…
A Copa é organizada pela FIFA, não pela CBF!

Saiba mais:
Globo Esporte
Tribuna Hoje
Lancenet
UOL