(Foto: Tânia Rêgo/ABr)

Voltamos à Era Collor? A Caixa confiscou dinheiro das pessoas a mando da Dilma?
Calma, não foi isso o que aconteceu. Não tem nada a ver uma coisa com a outra. E a Dilma não tem nada a ver com isso?

Ué, mas a caixa não é do governo do PT?
Não. A Caixa é um banco estatatal, o que significa que ele pertence ao Estado brasileiros, independente do governo que estiver no poder. Ela existe há bastante tempo, antes de o PT virar governo.

E eles estão tomando o dinheiro da conta das pessoas?
Isso não é bem verdade. Vou te explicar o que aconteceu: no ano passado, a Caixa encerrou quase 500 mil contas que estavam irregulares por causa de problemas com o CPF ou CNPJ. Os valores que estavam depositados nessas contas, R$ 419 milhões, entraram no balanço fiscal do banco como parte do lucro que ele teve em 2013. Essa semana, a revista IstoÉ fez uma reportagem contando essa história e dizendo que foi um “confisco”, como você já disse várias vezes nessa conversa.

Então foi, não é? A revista falou que foi!
Pois é, mas vou dizer uma frase que sempre repito para você: Não é bem assim. A IstoÉ disse que a Caixa encerrou contas que estavam inativas e “confiscou” o dinheiro depositado. A Caixa diz que isso não é verdade: que o critério para encerrar as contas não foi elas estarem inativas, mas irregularidades com CPF ou CNPJ (c0mo eu já disse). E que esse dinheiro não foi confiscado, que ele está à disposição dos correntistas ainda.

Mas vai acreditar no banco?
O Banco Central confirmou isso: o dinheiro não foi confiscado, mesmo que a conta da pessoa tenha sido cancelada.

Então por que falaram que foi confisco?
Porque a Caixa incluiu esses valores das contas encerradas no balanço dela, como parte dos lucros. Aí, interpretou-se que o banco tinha considerado esse dinheiro como se fosse seu.

Estranho, não?
Pode até ser. Mas o importante é acompanhar com calma antes de sair acusando todo mundo de coisas que podem nem ter acontecido. A gente sempre deve prestar atenção a uma denúncia, mas também deve ouvir o outro lado antes de dizer que a “era Collor voltou”.

Leia mais
Revista IstoÉ: O confisco secreto da Caixa
Terra: Caixa nega ‘confisco’
Nota oficial da Caixa
G1: BC diz que clientes podem reaver dinheiro
Folha: BC diz que não houve confisco
IstoÉ Dinheiro: CGU não vê confisco em operação da Caixa