(Foto: Divulgação)

Os sites e os jornais estão falando que o Barcelona e o Neymar fizeram coisa errada, não é? O que aconteceu?
Como eu sempre te digo: vamos primeiro falar do que se sabe até agora para não acabar falando besteira. A justiça da Espanha está investigando se aconteceu alguma irregularidade na contratação do Neymar no ano passado.

Ah, eu sabia! Esse moleque nunca me enganou! Fica se jogando pra conseguir pênalti e agora está envolvido em mutreta, não é?
Calma, calma! Já disse: ainda são suspeitas que estão sendo investigadas. Deixa eu terminar de falar: A suspeita é a de que o Barcelona e a empresa do pai do jogador (que cuida da carreira dele) tenham omitido um parte do valor que foi pago para que ele virasse atleta do time.

Quanto dinheiro, mais ou menos?
O jornal espanhol  El Mundo diz que foram 38 milhões de euros (R$ 120 milhões).

E por que tanto dinheiro, meu deus?
Era um pagamento adiantado para o Neymar garantir ao Barcelona que, quando seu contrato com o Santos acabasse, ele iria jogar na equipe catalã.

E o Santos nessa? Ganhou alguma coisa?
Eles dizem que não e que vão à justiça para conseguir uma parte desse dinheiro. Aliás, um dos “donos” do Neymar era um o grupo Sonda, que investe em jogadores.

Tá, mas me explica uma coisa: E daí que pagaram esse dinheiro? Eles não têm esse direito?
Então, existem alguns possíveis problemas nessa história. Primeiro, o Santos e o Sonda podem ter direito a uma parte desse dinheiro, já que eram os donos dos chamados “direitos econômicos” do Neymar. Segundo, o ministério público da Espanha está verificando se algum imposto foi sonegado. Isso, aliás, pode ter acontecido aqui no Brasil também. Por último, existe uma regra da Fifa que diz que nenhum jogador pode assinar um pré-contrato com um outro clube, a não ser que falte, no mínimo, seis meses para o fim do contrato ou que o clube onde ele está concorde com isso.

Ué, mas o Neymar só foi para o Barcelona no ano passado, não é isso?
Sim, mas agora a gente sabe que o Barcelona fez esse pré-contrato com o Neymar em 2011! E isso até antes do Santos jogar contra os catalães na final do Mundial de Clubes. Ou seja, a empresa do pai do Neymar já tinha recebido um dinheiro para garantir que ele jogaria no Barcelona.

O Santos sabia disso?
Esse é um dos maiores problemas: se o Santos não sabia, então o Barcelona e a empresa do pai do jogador podem sofrer algum tipo de punição da Fifa. O Neymar pai diz que o clube sabia. O presidente licenciado do Santos diz que não.

E agora?
Agora as investigações vão continuar e provavelmente vamos saber o que aconteceu. Mas já aconteceu uma baixa por causa disso: Sandro Rosell pediu demissão da presidência do Barcelona.

Saiba mais:
Época
ESPN
Globo Esporte 1
Globo Esporte 2