(Reprodução/ABC News)

Que sequestro foi esse que aconteceu na Nigéria?
Um grupo islâmico radical sequestrou mais de 276 meninas de uma escola na cidade de Abuja no dia 14 de abril e mantém boa parte delas em cativeiro até agora.

Como assim? Do nada?
Esse grupo, chamado Boko Haram, faz uma interpretação muito radical do Alcorão, o texto sagrado dos muçulmanos. Para essa facção, as mulheres não deveriam poder estudar. Por isso, justificou o Boko Haram, foram levadas da escola.

Que grupo é esse? É do Al-Qaeda?
Aparentemente, eles têm sim ligação com o Al-Qaeda. O nome Boko Haram quer dizer “a educação ocidental é pecado”. Daí você começa a entender melhor o porquê do sequestro.

Eles mataram alguém? 
Até onde sabemos, não.

E as 276 estão presas onde?
Ninguém sabe. Vários países do mundo, como China e Estadoa Unidos, se ofereceram para ajudar na busca. Mas 53 garotas conseguiram fugir do cativeiro.

Eles querem alguma coisa em troca?
Parece que não. Foi um ato para mostrar descontentamento com o fato das garotas poderem estudar. O grupo ameaçou vender as meninas como escravas.

E agora?
Agora estamos esperando para ver o que o governo da Nigéria vai fazer. Como se trata de um grupo armado, é preciso tomar cuidado. Ainda não se sabe se uma operação militar será feita para resgatar as garotas.

Saiba mais:
O Globo: 8 Questões sobre a Nigéria
Folha: Boko Haram reinvidica sequestro
G1: China fornecerá dados de satélite para resgate de meninas

2 comentários