(Foto: Forças Armadas de Israel/Creative Commons, 27/7/2014)

O que está acontecendo na Palestina e em Israel?
Já faz muitos anos que eles estão em conflito por causa da Faixa de Gaza, um território que fica entre o Egito e Israel. Pelo menos desde o começo do século 20, quando a ideia de criar um estado judeu no Oriente Médio começou a ser colocada em prática. Dessa vez, a violência aumentou em 10 de junho, por causa do sequestro e assassinato de três estudantes que moravam em um assentamento israelense na Cisjordânia.

E quem fez isso?
Olha, essa questão é complicada. Israel afirma que foi o Hamas, um grupo islâmico que governa uma parte dos territórios palestinos. Mas o grupo não assumiu a autoria do crime. O site Vox (em inglês) publicou uma reportagem mostrando que ainda não há provas de que o Hamas matou os rapazes.

E é por isso que eles entraram em guerra?
Sim. Em retaliação a esse sequestro e assassinato, Israel tem lançado foguetes na Faixa de Gaza e na Cisjordânia. O governo do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu alega que está atacando bases de treinamento e alvos do Hamas. Mas o fato é que pessoas comuns, os chamados “civis” também estão sendo atingidos e morrendo. Em retaliação, o Hamas também tem lançado foguetes para atingir Israel.

O que é o Hamas?
É um partido político fundamentalista, que divide o governo dos territórios palestinos da Faixa de Gaza e Cisjordânia com outro partido, mais moderado, o Fatah. O Hamas é ligado a um grupo que existe em vários países, a Irmandade Muçulmana. Esse grupo já governou o Egito, por exemplo.

A Palestina é um país?
Não. A Palestina hoje é o agregado desses dois territórios, Gaza e Cisjordânia, e ela fica praticamente dentro de Israel. Os palestinos reivindicam que exista um país para eles, mas as correntes políticas conservadoras de Israel não gostam da ideia porque consideram que todo esse território deveria pertencer ao país judeu.

O que o Brasil tem a ver com a história? Vi que teve uma briga…
O que aconteceu foi o seguinte: o Brasil publicou uma declaração condenando Israel por “uso desproporcional da força” contra os palestinos e chamando de volta o nosso embaixador em Jerusalém. Chamar o embaixador de volta, no meio da diplomacia, tem um significado muito sério. Quer dizer que o Brasil está ameaçando romper as relações diplomáticas com Israel por causa desse conflito.

O pessoal de Israel xingou o Brasil, né?
Mais ou menos. Yigal Palmor,  porta-voz do Ministério das Relações Exteriores de Israel, disse que o Brasil ignora o direito do país judeu de se defender ao fazer o que fez. E chamou nosso país de “anão diplomático”. Ele ainda disse que “desproporcional” é perder de 7 a 1, numa referência à derrota do Brasil na Copa de 2014.

A religião tem alguma coisa a ver?
Tem a ver, mas não é a única explicação. Segundo o Vox (clique para ler), o motivo principal do conflito é o controle do território e a definição das fronteiras entre o que é de Israel e o que é da Palestina. É claro que isso entra no aspecto religioso. Por exemplo, a cidade de Jerusalém, um dos alvos da disputa, é sagrada tanto para os judeus, quanto para os muçulmanos.*

Mas ai, quem está certo?
Você vai me desculpar, mas eu não vou responder a essa pergunta. O que temos são os fatos: tem morrido muito mais gente na Palestina do que em Israel nessa guerra. A BBC diz que foram mais de mil Palestinos desde o dia 8 de julho, contra 42 israelenses. Existem muitas discussões a respeito dessa desproporção de forças entre Israel e Palestina, mas isso cabe aos especialistas dizer.

LEIA MAIS:
– Ódio sem fim: sobre palestinos e israelenses (Terra Magazine)
O conflito entre Israel e Palestina explicado em 3 minutos (Vox, em inglês)
Entenda o conflito Israel-Hamas (BBC Brasil)
– As raízes do conflito (G1)
9 perguntas sobre a guerra (Vox, em inglês)
– Número de mortos em Gaza passa de 1.000 (BBC, em inglês)
Israel chama Brasil de “anão diplomático”(G1)
Porta-voz israelense cita o 7 a 1 (G1)

AVISO: O Me Explica? não tem a intenção de fazer apologia a nenhum dos dois lados. Ou seja, não apoiamos nem Israel, nem Palestina. Nosso objetivo é explicar de maneira simples o que está acontecendo, usando artigos publicados pela imprensa nacional e internacional. No caso de haver algum erro factual, isso não deve ser creditado a intenções ou alianças, e sim ao processo de edição e composição do texto acima. Somos um site independente. Não temos nenhuma aliança ou vínculo com quaisquer grupos de interesse, partidos políticos ou outras organizações.

*Incluído em 30/7/2014 por sugestão do leitor Gilmar Silva.

126 comentários

  1. Bruno Pereira

    Abordar esse tema é muito delicado, já que partidários de quaisquer dos lados têm visões apaixonadas, por vezes cega às dos outros. O texto foi excelente ao fazer um recorte de fatos isento e ao evitar interpretações parciais,
    Mais uma vez: parabéns!

  2. samuel

    coitado do povo ignorante e indefeso da palestina que fica sofrendo esses ataques desumanos por parte de Israel. esse Hamas é patrocinado por Israel para criar pretextos para Israel atacar o povo palestino e assim mantê-lo um povo sempre fraco ou alguém também interessado no subdesenvolvimento daquele povo está patrocinando o Hamas para ele criar esta condição ou o Hamas é tão idiota a ponto de cair na pilha de Israel até soltar seus foguetes velhos e e imprecisos para Israel espalhar para o mundo que foi atacado pelos palestinos e se apossar do direito de acabar com os palestinos. eu tenho uma solução para isso e vou dize-la agora porque se por causa disto eu vier a morrer já terei dito. A SOLUÇÃO PARA O POVO PALESTINO E NUNCA REVIDAR A ISRAEL. SÓ MOSTRE PARA O MUNDO OS SEUS ATAQUES AO POVO PALESTINO, SE PROTEJAM, FUJAM PARA OUTROS PAISES E ESTUDEM. A PIOR IDIOTICE É REVIDAR A ISRAEL. POIS É TUDO QUE ELE QUER.

    • Victória

      Expor esse tipo de opinião sem um estudo prévio, como você está fazendo, pode lhe causar muito mais consequências do que um simples comentário de resposta como o meu, você deveria ser preso por tamanha ignorância. Ignorante o povo de lá é mesmo. Mas você está sendo mais por achar que isso é como uma briga infantil. Não se resolve apenas “não revidando”. Não é um valentão batendo numa criança menor, estamos falando de milhares de pessoas morrendo por questões territoriais, politicas e econômicas, e suas ideias infantis e não elaboradas nem estudas são uma vergonha para quem as lê. Se eu, com 14 anos, tive o bom senso de pesquisar tudo direitinho e entender o que está acontecendo antes de formar uma opinião, não acho que seja muito difícil você fazer o mesmo. Da próxima vez que for expor um comentário sugiro que se informe antes :)

      • Victória

        Olá Samuel!Expor esse tipo de opinião sem um estudo prévio, como você está fazendo, pode lhe causar muito mais consequências do que um simples comentário de resposta como o meu, você deveria ser preso por tamanha ignorância. Ignorante o povo de lá é mesmo. Mas você está sendo mais por achar que isso é como uma briga infantil. Não se resolve apenas “não revidando”. Não é um valentão batendo numa criança menor, estamos falando de milhares de pessoas morrendo por questões territoriais, politicas e econômicas, e suas ideias infantis e não elaboradas nem estudas são uma vergonha para quem as lê. Se eu, com 14 anos, tive o bom senso de pesquisar tudo direitinho e entender o que está acontecendo antes de formar uma opinião, não acho que seja muito difícil você fazer o mesmo. Da próxima vez que for expor um comentário sugiro que se informe antes :)

        • Patricia Pimenta

          Gente para de discutir e vamos orar, que será melhor para todos.

          • Laurentino

            O que o Povo de Israel e Palestinos fazem muito é orar, cada um na sua Fé.Orações nunca resolveu e nem resolverá uma tremenda estupidez como essa. A Organização das Nações Unidas deveria deixar de ser inoperante e mover todas as forças políticas de todas as nações pra demarcar esses territórios, que só assim talvez, eu disse talvez, acabaria com essa guerra que só traz sofrimento e horror.

          • ???

            É… ficar criticando é o q as pessoas mais sabem fazer, agora por os joelhos no chão e orar INFELIZMENTE são poucos.

          • Juan

            concordo mas existem pessoas que nao conseguem entender o porque do conflito e vem pedir explicacoes

      • spguide

        Vitoria, desculpe mas nao é porque voce pesquisou meia dúzia de sites que voce pode chamar o outro de ignorante ou infantil.Nem me interessa nem saber porque o Samuel deu a opinião dele , mas ele tem todo o direito de falar o que acha sem ser julgado, que generalizando é uma mania imbecil que brasileiro tem de fazer sobre qualquer assunto seja la qual for.
        Vou te dar um exemplo :
        Caso voce nao saiba, a India foi colonizada pelos ingleses por anos, que em um super resumo colonizaram a India e saqueando e roubando tudo o que encontravam pela frente, desde jóias da ” realeza”, a pedras preciosas, metais, madeira enfim…
        So conseguiram fazer isso usando a violência, porque tinham armas e matavam indianos que se opunham a “grande” Inglaterra.
        O Mahatma Gandhi, que é considerado na India como um Deus, liderou na época um movimento pacifico, no qual ele pregava que nenhum Indiano deveria jamais reagir aos abusos e todos os atos vergonhosos e covardes dos ingleses com violência.
        Isso ganhou um tamanho em toda a India e em todo o mundo que os ingleses se sentiram envergonhados, de tão covardes que foram com um povo decente, de uma tal forma que ” abriram” mão de colonizar a India, Myanmar, Paquistão e Bangladesh, e voltaram para a Inglaterra com a cabeça baixa.
        A vergonha foi tanta que a Rainha da Inglaterra enviou um embaixador qualquer a India para pedir desculpas.
        Nao estou querendo dizer que essa seria uma solução para Israel e Palestina, mas não tenha duvida que quem apanha e levanta, apanha e levanta apanha e levanta é muito mais forte de quem bate.

        • VERA

          MUITO BEM !!!! O QUE GANHA A GUERRA, É A SABEDORIA E A ESTRATÉGIA, E NÃO AS ARMAS COMO MUITOS PENSAM.

          • Omiller

            Meu bom senso de humor, sabedoria e estratégias ganhar guerra nos dias de hoje com tanta tecnologia ?? por favor não precisa de armar então?? Apenas os Nerds?? hahaaa pareeee

        • Amalia Gemignani

          Ola Spguide, Amei tua resposta e aprendi um pouco mais, sou um pouco desligada a tudo o que acontece neste mundao … Tua resposta foi otima, concordo com vc !!! Grande abraco

          • spguide

            Oi Amalia, obrigado pela gentileza. Esse tema Palestina-Israel é bem complexo, tem bilhares de vertentes e é super dificil acompanhar porque cada lado tem uma versão e etc, é como se a mesma história tivesse mais de um milhão de versões …
            Mas que isso é uma tristeza que da pena.
            Eu tbm nao sou um expert no assunto, acompanho faz um tempo , mas em compensação cinema é uma paixão que eu posso te ajudar um pouco.
            Caso voce não viu o filme GANDHI , recomendo muito, além de voce aprender um monte, é a historia de umas das personalidades mais importantes da nossa historia recente, se não fosse o Gandhi , talvez até hoje a India estivesse ainda sendo colonizada pela Inglaterra que seria provavelmente a maior potência do mundo , de longe.
            O filme teve onze indicações ao Oscar e ganhou 8, sendo melhor filme e melhor ator ( é incrível o que o ator fez da uma pesquisada no google nas fotos para voce ter uma ideia) .
            Abs

        • Evanilson

          É muito triste ver todos os dias as pessoas se matando e se agredindo por questões ideológicas políticas e religiosas, um povo que parece não ter saído da idade média. vivendo na extrema ignorância do fanatismo e da loucura religiosa!!!!

      • thais

        Minha filha ele esta certo se fosse voçe pensaria a mesma coisa mais de mil pessoas morrendo hum palestina firme ninguem nasceu pra morrer de graca nao inda mais pessoas inocentes entao samuel nao ligue pro comentario dessa garota so leve e releve e voçe garota acorda pra vida! 2 bjss nada conta…..#te fechaaaa

      • Markos Alemão

        Desculpa aí,mais guerra é burrice! É por causa de território?imagina um cenário assim, vc tem um terreno, e o seu vizinho invade um pouco dele, aí vc vai lá e mata toda a família dele por isso?É claro que isso é uma visão simplificada,sei que tem mais coisa envolvida,mais independente do motivo, não existe razão para matar.

    • Mayara

      “Hamas é patrocinado por Israel” que isso cara? A teoria da conspiração? Onde você e ouviu isso? O Hamas é o movimento fundamentalista islâmico mais importante da palestina!

    • José

      Oi pessoal,quanta ignorancia,esse hamas ,e um grupo terrorista e muito covarde, eles mesmo obrigam os palestinos a ficarem na linha de frente, eles colocam os civis e crianças nos locais onde israel vai atacar.Procurem saber primeiro. Toda vez que israel vai atacar as bases do hamas eles avisam de varias maneiras a populaçao palestina do dia e hora do ataque, mais os terroristas impedem que a populaçao fujam e se protejam.Fazem isso porque sao terroristas e da pior especie.Procurem saber a verdade antes de criticarem.Pois é isso mesmo que o hamas quer. Mostrar para o mundo que israel mata inocentes.Isso nao é verdade e a imprensa nao mostra isso.

      • thays

        Acho muito interessante a iniciativa do me explica, porque existem muitas pessoas que não sabem o motivo desses conflitos que se estendem à anos. Mas à muitas coisas implícitas que a mídia não mostra, e que a população mundial não sabe. Olhando assim a impressao que Israel é o estado ruim, malvado, mais não é bem assim. Como alguns amigos acima disseram o Hamas são ruim mesmo, e Israel por um lado não é tao ruim assim, não que eu concorde com os bombardeios que estão fazendo, mais concordo sim com a questão territorial que eles alegam. Quando uma amiga visitou israel ela disse que eles dão acesso a todos os patrimônios bíblicos mas algumas partes ficava no lado mulçumanos mais era proibido fazer visitação. Por ai já percebos um pouco das regras do outro lado, só que eles estão tentando se passar de vitima quando na verdade não são, assim como Israel também não é, mas acho que cada um tem sua percepção. :)

    • nilce Mendes

      Concordo com o Samuel, esta foi a opinião mais sensata que vi aqui…se o hamas é patrocinado por Israel não da pra saber ( como os black bloc daqui do Brasil, conseguem acabar com qualquer legitimidade de um protesto ).A melhor solução é não revidar e tentar mostrar pro mundo o que realmente está acontecendo por lá. O mundo inteiro tende a simpatizar com o povo de Israel pela culpa que carrega pelo holocausto, mas os judeus estão longe de serem os mocinhos dessa história.

      • Marry

        Respeito a opinião da Nilce, mas ñ concordo. Os mulçumanos ODEIAM os judeus, e pra vcs terem uma noção, nas escolas as crianças já aprendem a odiar os judeus e qualquer chance que eles tiverem eles vão querer acabar com Israel, com eles revidando ou ñ. E outra, as pessoas falam q as mortes estão muito desproporcionais, e realmente está os números mostram isso, mas então o q deve ser feito? Deixar os palestinos atacarem Israel pra matar mais gente e ficar mais proporcional? ?? Seria mais justo assim?!

        • Betania

          Marry os arabes conviveram pacificamente com os judeus durante toda a história, desde o século VII até o início do século XX. É só estudar um pouquinho e ver a relação que existia entre os dois povos irmãos.. judeus lutaram ombro a ombro com os muçulmanos contra os cruzados, Foram os muçulmanos que acolheram os judeus quando eram perseguidos na época da Inquisição, principalmente na península Ibérica, quando a Espanha sediava os mouros.

      • marcos roberto

        Engraçado, as vezes para entendermos o presente temos que compreender o passado.não estou aqui para dizer se Israel é mocinho ou bandido .mas cada um poderá analisar de forma sensata:Israel foi escravizado no Egito,invadido e exilado na babilônia, subjugado durante o império romano , apos a queda de Roma os judeus foram espalhados pelo mundo vivendo
        Sem pátria.Durante a ll guerra
        Estima-se que foram mortos 6 milhões de judeus .com o fim da guerra eles foram repatriados .Foi criado o estado de Israel,porem lá chegando estavam os palestinos
        Reivindicando o direito da terra.Bem o resto TDs já sabem.
        Agora o que nem todos sabem é que os judeus não são inimigos dos muçulmanos, nem palestinos,nem árabes .
        Israel é um pais democrático, onde respeita as demais religiões.A luta de Israel é contra
        Um grupo terrorista que na verdade não representa o povo palestino,mas manipula-os.
        Já ouvimos declarações do presidente do Irã que o seu sonho era varrer Israel do mapa.
        Embora seja difícil de aceitar , o povo judeu e o povo palestino não são inimigos.

    • Zana

      não entendo nada mas concordo com você, violência gera violência, enquanto um ataca e outro quer contra tacar nunca vai acabar.

      • marcos roberto

        OK zana,é um assunto muito complexo onde há manipulação de informação, e que acaba jogando um povo contra o outro.

    • daniel

      Outro que fala coisas e explicações se nenhum tipo de fundamento e propriedade no que fala, me desculpe mas ler essas idiotices , não dá. Vai estudar um pouco.

  3. Suleima

    ai gente, lendo todas essas notícias sobre essa guerra a única coisa que me parte o coração são as crianças… meu DEus do céu, o que fazem desses pobres indefesos? Uma família teve que matar a própria gata para comer, em campo de refugiados nem pão tinha para comer, tem crianças que não tem mais pais, nada, nem um lugar para chamar de seu… que tipo de mentalidade terão ter depois de adultos ou adolescentes? que infância que irão ter… guerra por território é (prá mim) a coisa mais ridícula que existe, pq isso??

    • Fellipe

      Srta. Suleima, a guerra é muito mais do que territórial, envolve religião, mais religião do que as outras tags…

      • Luana

        Fellipe, nem guerra por território, nem por religião, independente de qual seja o motivo isso continua sendo a coisa mais ridícula que existe e nunca existirá coisa mais ridícula.

      • Betania

        felllipe, essa guerra envolve mais política do que religiao

  4. Eduardo Pinha

    Olá. Sou um fã da pagina, mas dessa vez você errou feio. Esse post dever se chamar ME CONFUNDA. São tantos aspectos parciais que nem sei por onde começar. Vou me ater a terceira pergunta. O Hamas que governa Gaza prega em seu estatuto a destruição de Israel. O Hamas não quer a paz, não quer o bem estar do povo palestino, sua prioridade é destruir Israel e matar todos seus habitantes. E por isso eles vem lançando ataques contra a população civil de Israel. Os foguetes saem de Gaza e atingem Israel há anos sem parar. Já foram milhares de ataques nos últimos meses. O Hamas intensificou o lançamento de ataques após incursões israelenses na Cisjordania, em que se procuravam os responsáveis pelo sequestro dos 3 garotos. Foi por isso Israel cansou de só ser atacada e partiu ao ataque contra o Hamas.

    • Me Explica?

      Caro Eduardo,

      Respeito sua opinião, mas o texto não avalia o discurso do Hamas nem positivamente, nem negativamente. O fato é que ele governa a região palestina e participou das eleições como um partido político e conseguiu maioria suficiente para integrar o governo.

      Obrigado por comentar.

      • Eduardo Pinha

        Isso é verdade. Mas na terceira pergunta você inverteu várias coisas. Israel não decidiu atacar Gaza em represália ao sequestro e morte dos 3 garotos. E não é em retaliação aos ataques de Israel que o Hamas vem lançando foguetes. O Hamas já vinha lançando foguetes diariamente há meses, enquanto isso a população de Israel apenas se escondia em abrigos. Foi apenas quando o Hamas intensificou seus ataques contra a população que Israel decidiu retaliar e destruir a infraestrutura terrorista.

          • Saulo

            Acredito msm que o sequestro foi o estopim para inicio desse cenário de conflito. Esse povo precisa de poucos motivos para atacar ja q o q acontece entre a palestina e israel é uma luta histórica cheia de pormenores.

        • Betania

          Eduardo, destruir a infraestrutura terrorista??? Querem acabar com o Hammas? Justo, mas bombardear a Palestina para acabar com o Hammas seria o mesmo que BOMBARDEAR TODA A ROCINHA PARA ACABAR COM OS TRAFICANTES. Ou seja, matar a grande maioria de trabalhadores e familias inocentes para pegar um pequeno grupo se justifica onde? Na cartilha de Hitler? revoltante! E o pior é que sempre se colocam em posição de vítima, como se aquela terra fosse de total direito deles! É como se os portugueses viessem hoje ao Brasil e quisessem esse território de volta! é impensável algo do tipo e é o que Israel fez e vem fazendo com os palestinos! Israel não precisa deixar de se defender, isso é um direito… Poderia começar cancelando expansão de assentamentos, reconhecendo um estado palestino, respeitando fronteiras estabelecidas e resoluções da ONU… Que tal?

    • AGNALDO WANDERLEY

      Eduardo, até que enfim encontrei aqui alguem que ao invés de postar baboseiras sem nenhum sentido e nem conhecimento, descreveu em poucas linhas o que acontece lá, o hamas na verdade usa tanto a população civil como o próprio estado de israel como desculpa pra cometer uma série de crimes, como, sequestros, roubos e varios tipos de atentados e homicidios.

      • Betania

        Eu repudio os ataques visando civis que o Hamas executa. Entretanto, até 1987 o Hamas não existia, e o que se via na região, senão a escalada da opressão e tomada de terras? Porque Israel não respeita as fronteiras e as resoluções, o que vemos, senão a constante expansão dos assentamentos judeus!!! Israel é o país que mais recebe “ajuda militar” dos Estados Unidos desde o final da Segunda Guerra Mundial, desde o seu nascimento, Israel se consolidou como um dos mais poderosos e destrutivos exércitos do mundo, Apesar de seu elevado potencial nuclear, Israel se recusou a assinar grande parte dos tratados internacionais que envolvem não-proliferação de armas nucleares, utilização de armas que causam danos a civis, entre outros desrespeito aos Direitos Humanos mais básicos
        o que me entristece mais ainda ver que um lado – Israel – tem o poder para acabar com essa guerra, mas ao invés disso expande mais e mais seus assentamentos e sufoca cada vez mais a população de Gaza, que vive enjaulada num gueto, numa prisão a ceu aberto, tal qual os judeus viviam no Gueto de Varsóvia…

    • Cicero Reis

      Israel tem grandes poderes militares, infinitamente superiores aos da Palestina, poderes que usa muito bem para invadir e tomar as terras dos palestinos a mão armada, na base da força, com fornecimento de armas e financiamento econômico da maior potência mundial, os Estados Unidos. Ao não aceitar e reagir a tal violência o Hamas é chamado de terrorista, por que?. Quem é terrorista quem oprime, massacra e mata para roubar ou quem luta para defender a terra de morar, trabalhar e tirar o sustendo para sobreviver?

  5. INGRID PIMENTEL

    Vamos orar pelas crianças que nada tem a ver com isso, estão morrendo sem socorro, pra que a ONU existe? Seria pra proteger? seria… mas!

    PRAYFORGAZA

  6. Mayara

    O texto é muito esclarecedor. Mas o fato de você ter sido impessoal foi ótimo!

  7. Lara

    Cisjordania é de posse de Israel, então porque os israelenses culpariam os palestinos se os jovens morreram em territorio israelense? E porque eles estão jogando bombas na faixa de gaza e não na Cisjordania?

    • Adriano

      puta meu, presta atenção na merda que você falou. Cisjordânia é um território palestino, assim como a faixa de Gaza e se você tivesse se dado o trabalho de prestar atenção na matéria acima, teria lido que o ataque parte para Gaza E Cisjordânia. Fora isso Gaza tem um papel estratégico político, inclusive por sua localização. pelo jeito você tem acesso a internet, então busque se informar, leia antes de escrever idiotices.

      • Sandra

        Adriano….. é isso aí….falar o que tem certeza… não custa buscar innformações!!!!!!!!!!!

      • sandro

        Adriano você deve ser muito inteligente, em minha opinião só deveria é fazer seus comentários de uma forma menos agressiva, respeitando desta forma aqueles que estão lendo o que você esta postando. Abraços

  8. daniel menezes

    o texto foi ótimo esclarece muita coisa, mas pena que algumas pessoas usem esse site para discutirem e denegrir a imagem dos uros , espero q isso n faça o site perder credito

  9. Matheus Colen

    Oi, gostaria de saber qual foi a data exata do acontecimento da morte dos 3 garotos, se vc pudesse falar agradeceria muito, aliás ótimo site ;) gostei muito.

  10. .

    Israel está mais que certo ! Quando eles queriam negociar apenas uma parte do território os palestinos não aceitaram.. No entanto, teve a breve guerra na qual ganhou israel ! E agora, eles acabaram ficando com uma pequena parcela do que tinham. Não adianta Palestina revidar porque em todas as ”guerras” quem ganhou foi Israel e não vai ser agora (com uma pequena parcela do que tinha) que vão ganhar.
    Os palestinos revidando só vai piorar as condições deles e capaz de diminuir seu território mais ainda. Mas isso tudo poderia ter sido evitado bem lá atras com a negociação

  11. isaias

    Eu entendo o comportamento do “ME EXPLICA”, mas certamente há cabeças pensantes,
    que por outros motivos, que também entendo, não dessem do muro. Mas isso não me intriga. O que aliás me intriga é a banalidade da vida que esses povos praticam em pleno século XXI como se vivessem, ainda, na idade média. Mas se conhecessem a grande verdade que sustenta; ” “QUE NUMA GUERRA NÃO HÁ VENCIDOS NEM VENCEDORES; TODOS PERDEM”, não sustentariam tamanha burrice por tanto tempo. Me parece que nem nasce Judeu nem Palestino, apenas nascem placentas envoltas em ódio, ódio, ódio.
    Amanhã todos eles estarão mortos, mas esse laboratório doentio e podre continuará a produzir placentas envoltas do mais podres dos sentimentos; o ódio. Acho que nem Deus
    pode fazer algo, ainda assim espero nEle.

  12. Luciana da silva

    Eu fico sem palavra, de que tamanho é a crueldade desse governo, destruindo os inocento que não tem nada ver. deixo uma pergunta para os governantes de lá vc. tem filho tem? será vc não se comove com o sofrimento das crianças as que morre e as que fica ferida para sempre. não importa de que lado ela é, elas são inocente, é duro ver isso na tv, eu choro muito e peco a Deus que ele poe mão para protege as crianças.Deixa essas terras de lado, deixa pra quem precisa que não tem onde mora e abençoa essas pessoas. vc vai se senti melhor.amém

  13. Roni

    Morre menos gente de Israel por que? Israel tem tecnologia para interceptar foguetes. Eles (Hamas) estão soltando milhares de foguetes, se não houvesse tecnologia, haveria muito mais mortes do que na palestina.

    A guerra não é contra os palestinos, é contra o movimento terrorista do Hamas. Eles usam as escolas, as mesquitas e as casas particulares dos palestinos para lançarem os foguetes.

    • Betania

      Roni ate 1987 o hammas nao existia e o Que se via era EXPANSAO dos Territorios e Mais assentamentos, Israel ocupou 80% da palestina e enjaulou os Árabes, controlando Todas Fronteiras….a Resistência palestina E tratada Como Terrorismo e USADA Como justificativa para Mais e Mais atrocidades por Parte do Estado de Israel e de outras potencias imperialistas São os auto-Atentados, simular um incidente Que seja Utilizado Como justificativa para Ataques…..os palestinos apenas reclamam o direito de retorno às suas terras, e perante o clamor de justiça desse povo, Israel responde com todo o peso de seu aparato bélico., afinal quem sao os verdadeiros terrorista?

  14. Patricia Pimenta

    Em vez de discutirem vamos orar e pedir a Deus que mude essa situação, que Deus os conceda a salvação.

  15. vando butanra sp

    O QUE ACONTECE É QUE ISRAEL ESTA ERRADO, POIS NAO TEM PROVAS CONCRETAS QUE FOI O HAMAS. E ISRAEL ESTA BOMBARDEANDO CASA E HOSPITAIS. OS CAÇAS DE ISRAEL QUANDO BOMBARDEIAM, ANTES ELES, TEM INFORMAÇOES DO LUGAR. MAS, NAO TEM A CERTEZA. E SE JUSTIFICAM ASSIM MESMO. OS DIREITOS DE TERRA, TEM QUE SER IGUAL PARA OS DOIS LADOS SAIREM GANHANDO. FOI O QUE COMEÇOU. E TAMBEM FOI AONDE JESUS CRISTO NASCEU. ISRAEL TEM QUE DAR UM EXEMPO MAIOR.

    • Andre

      Dizer Que Israel está certo ou não faz parte da guerra. Seja imparcial. Seja da paz.

  16. Rui Lopes

    “ME EXPLICA!” Onde é que estão os deuses desses respectivos povos (judeu e islâmico)?… Entronados no alto ÉDEN observando a sangria do povo (não dos líderes) que lhes clama em orações sem fim?… Uma boa “cana de braço” entre esses dois “senhores do universo” bem poderia por um fim a essa contenda bestial!…

  17. Jenniffer Ramalho

    Depois que li este post consegui entender claramente o que está acontecendo. Muito obrigada!! Mas ainda tenho uma dúvida, percebi que nas redes sociais algumas pessoas que conheço que são católicas tem mencionado sobre um simbolo que significa “sou nazareno” e pelo o que eu entendi mais ou menos parece que quem tem este simbolo em sua casa na Palestina está sendo morto, gostaria de saber se isso é verdade e o que tem a ver isso com está guerra que está acontecendo lá. Muito obrigada!

    • Me Explica?

      Oi Jenniffer, tudo bem? Se você puder compartilhar conosco os sites onde você viu isso, agradecemos.Numa busca rápida pela internet, não conseguimos achar referências a isso. Obrigado!

  18. Enzo garcia

    Eu acho que os demais países ali localisados,como a Siria, o Egito, a Cisjordânia , não dão muita bola, para o que aconte-se na Palestina,porque cada um , de um pedaço de terra para
    os palestinos,para que o mesmo seja reconhecido como pais, e acabe logo com essa disputa.
    O fato dos Palestinos,querer acabar com Israel,não vai dar certo,mesmo porque o pais se preparou para proteger a sua terra.
    E não é justo que somente Israel,continua a distribuir seu território.
    Essas guerras que vem acontecendo a vários anos, é uma despesa muito grande para todos
    os envolvidos.

  19. Máhrcinhu Vasconcelos

    Olá

    A vários dias vejo nos noticiários sobre esses conflitos e tem me inquietado muito, por isso a curiosidade em entender o que acontece. Dai o post esclareceu muita coisa que até então não havia entendido ainda.

    Obrigado pela contribuição.

  20. José Felicio Mascarenhas

    esrevo sim porque no meu himilde modo de pensar, não podemos mais ver nossas crianças sofrendo uma barbaridade daquela e nossas mulheres e nossos idosos ambos indefesos porque eu acho que as nações unidas tem que por um fim de uma vez por todas nesse conflito absurdo uma luta desleal agente assistindo o Hamas usar civis como escudos pra mim isso é que tem que acabar.

  21. ednelson garcia

    Triste lermos textos como este, não pelo esclarecimento que nos traz. Isso é esclarecedor, positivo. Triste é lermos que isso não se trata de uma literatura, mas de uma matéria. não é fábula. São fatos reais e isso nos entristece.
    Me incomoda o fato de haverem tantas religiões,ceitas, ong’s, ordens e etc. que distribuem conhecimentos sobre o bem viver, umas cristãs e outras, hindus, xintoístas, budistas etc.
    Guerras e mortes sem fundamentos. Tudo bem, eles afirmam com veemência haver fundamentos que justificam, mesmo sem perceberem que anulam os princípios seus a cada gatilho deflagrado em direção ao “oponente” que é mesmo irmão. Que não importa a religião, pois esta é como a profissão que escolhemos para nós. Está de acordo com nossa forma de pensar e viver. Não há religião melhor ou pior, assim como não há profissão melhor ou pior. Cada qual tem seu valor e sua importância.
    Vejo estes casos como o conto de José Mesmer Lüftemberg que conta o desejo de cinco cegos de conhecerem um elefante. Quando na oportunidade, um pega a calda e compara o elefante a um graveto verde, de fácil envergadura. O segundo ao segurar a perma do elefante, o compara a um coqueiro, firme e espeço. O terceiro pega na orelha e compara a uma ventarola flexível. O quarto passa a mão na barriga do elefante e imagina uma parede grande. e por fim, o quinto cego ao pegar á tromba, pensa parecer com uma cobra grande.
    Depois, reunidos se colocaram a falar sobre e entram em divergência, pois um diz que o elefante se parece com um graveto verde, o outro o repudia e diz que é um coqueiro. Este é tacado como louco e diz da ventana, que ridicularizado é posto como parede. Divergente a todos, parecia uma cobra, diz o outro. Resultado, cada qual monta uma religião e sai pregar a sua verdade. Mal sabem eles que a verdade, por mais estranheza que possa apresentar em sua mútua diferença e longe do conhecimento de todos, parecendo impossível, se trata da mesma coisa, defendem a “sua” verdade com se fosse a verdade-mor.
    Assim vejo aos que defendem ou repudiam posições.
    Sonho com um tempo em que as pessoas possam respeitar as opiniões sem a elas serem agressivos.

  22. Anderson

    É uma guerra complicada. Mas vi muitos defendendo Israel porque os palestinos vivem atacando e tal. Porem não sei se sabem da historia. No seculo III antes de cristo os romanos expulsaram os israelenses, e muitas coisas aconteceram e em 1897 (eu acho) eles resolveram voltar, e depois da 2 guerra mundial a ONU devolveu uma parte desta terra para os israelenses. Porem os palestinos estavam morando la. Hoje os palestinos querem se tornar um estado (país) e os israelenses não. É complicado, imaginem se ano que vem os indígenas resolvessem voltar para o Brasil e tomar de volta a terra que os portugueses lhe tomaram em 1500. Vcs sairiam de suas casas pacificamente? Eu só coloquei partes, existem muitas outras coisas envolvidas nisso e é complicado achar culpados.

    • thays

      Não é bem assim, acho sua suposição incoerente. Mais cada um acha o que quer né :)

    • spguide

      Anderson, a sua explicação esta um pouco confusa. Na verdade aquela terra toda sempre foi de Palestinos, e o povo Judeu ha milhares de anos era um povo nômade. Os Palestinos sempre viveram ali, e se muito no passado os Judeus não eram nem 5% da população de toda a Palestina.
      Nos século 20 com as guerras e exterminio dos Judeus pela Alemanha Nazista, milhares de milhares de Judeus fugiram até a Palestina, porém o numero de Judeus cresceu tanto, que a ONU decidiu dar um ” pedaço” da Palestina para os Judeus, entenda Israel.
      So que além da ONU ter feito essa merda enorme, e não ter conseguido controlar o êxodo de Judeus para ” Israel ” , eles ainda fizeram a cagada de escolher bem a parte da Palestina que fica o terceiro templo Muçulmano mais importante, depois da Meca e Medina, o que não foi aceito pelos Palestinos, pois basicamente tiraram MILHARES de Palestinos de suas casas , e trabalhos e lugar Santo, e deram para os Judeus.
      E os Judeus, baseado no testamento deles, tem Israel como Terra Santa, que é a Terra prometida a eles, na religião deles Judeus, e os Palestinos não tem NADA com isso.
      Basicamente é como se o Governo manda uma família que voce não gosta morar na sua casa porque esta escrito na ” bíblia ” dessa família que é onde eles tem que ficar, e ainda por cima oferecem para essa família que voce não gosta, a parte mais legal da casa, e deixa voce e seus filhos na area de serviço e se não bastasse a parte nobre da casa é protegida por exercito e voce não pode entrar la.
      Israel se passa de bonzinho na historia, mas tem grupos extremistas assim como o Hamas, e o estopim do que esta acontecendo hoje, começou por um SUPOSTO sequestro e morte de seis Judeus pelo grupo extremista Hamas, porém ninguém sabe se foi o Hamas que matou esses seis jovens, porém depois disso membros do exercito Israelita, espancaram e botaram fogo em um jovem palestino e isso foi publico, o que gerou toda essa confusão atual.
      A historia nao para, e para completar o exercito de Israel é muito mais organizado, eles tem os EUA como principal aliado, portanto tem armas, foguetes, e tudo mais da mais alta qualidade enquanto os palestinos tem armas de 50 anos de idade.
      Na verdade da pena dos Palestinos, porém isso não justifica as tentativas incessantes do Hamas em bombardear Israel.
      Abs

  23. David

    “Anão diplomático”…
    Quem é essa anta para denegrir e discriminar os anões? Se o Brasil é, segundo ele, “anão”, Israel é um carrapato!

    “… o Brasil ignora o direito do país judeu de se defender ao fazer o que fez…”
    Será que essa figura pensa que o Brasil (e o mundo todo) está aplaudindo essa chacina de crianças, mulheres e idosos? Israel já era bastante antipatizado na Europa, agora… Nem se fala.

    “Ele ainda disse que “desproporcional” é perder de 7 a 1…”b
    O Brasil é o país que tem mais títulos mundiais. Ninguém tem 5 copas do mundo vencidas, inclusive a última foi ganha dos alemães. Quem é Israel para falar de futebol com o Brasil? Sabem quando eles vão se igualarem com o Brasil? Matematicamente, nunca!

  24. Importante : no dia que Israel achou os corpos dos 3 Israelenses, acho que dia 30/06, foi o HAMAS que lançou foguetes a Israel primeiro. O primeiro a lançar foguetes foi o Hamas. Agora triste mesmo são os inocentes… E morreriam mais… 54 foguetes foram lançados para Tel aviv mas alguns foram interceptados no ar e outros erraram os alvos. Muito triste.

  25. jeh

    antes perder no futebol de 7 a 1 do que perder vidas inocentes , pois no futebol podemos recuperar lavar a honra, mais vidas perdidas por meio de tanto egoismo jamais serão recuperadas….. lamentável e sem comparação Brasil não é perfeito mais Brasil faz futebol talvez não do jeito que nos brasileiros queira mais não faz guerra……

  26. Elayne Santana

    minha opinião referente ao assunto, isso é uma falta de respeito com quem não tem nada a ver com os conflitos entre Israel e Palestina assim eles acabam afetando os inocentes levando-os a temer cada vez pela sua vida e ate mesmo os q não estão lá passando por isso levando ate o fato de q 298 pessoas morreram no avião q caiu na ucrania isso vai nos levar a uma guerra muito maior entre varios outros países se continuar assim eu só tenho 15 anos de idae e já estou indignado com tudo o q estar acontecendo realmente é terrivel se for pra vivcer assim eu não prefeis ter nascido pra ver td isso acontecer me doe muito ver cada vez mais nos noticiariios de tv essa noticias de mais mortes por uma arrogancia humana deixem de ser egoístas!!! :'( :'(

  27. Cristina

    Muito bom o texto e obrigada pelas informações. Independente de certo ou errado inocentes estão morrendo e para mim basta para ser totalmente contra a essa guerra. Ninguém aqui tem NOÇÃO do que é realmente MEDO. imagine vc, querendo proteger sua família, seus filhos… Sem dormir… Sem comer… Na tensão de poder morrer ou ver morrer quem vc ama… Estamos aqui, tranquilos, na internet, relaxados… Não importa o grau de ignorância, não importa quem começou, não importa o motivo. Que pelo menos a gente faça uma oração, uma prece, para essas pessoas que sofrem. A guerra é desumana. Só quem vive ou viveu sabe o que é. Sinceramente, eu não sei o que é sentir medo…

  28. Mariana

    Parabéns pela pesquisa e texto. Muitissimo obrigada! estava tentando entender o motivo do estopim para que os conflitos entre Israel e Palestina tenham se intensificado no último mês e estava perdida. Não sabia da morte e possível sequestro desses 3 jovens, Excelente! Brigada

  29. kátia venia

    Parabéns aos autores do artigo, muito bom o texto e as questões.

  30. obadia

    Gostaria de saber por que vocês não publicaram a matéria que lhes enviei?
    Afinal é o Judiciário que está abordando o assunto!!?? Alguém com conhecimento de causa!!
    Não é elucidar que vocês querem?, pois aí está! é só publicar!!!

    Vocês dizem não haver tendências, mas não é o que parece!
    Pergunte a todos que postaram, de que lado A MAIORIA está?

    • Me Explica?

      Porque era um texto muito grande e não havia um link para que fosse possível verificar a autoria. Lembramos que nos reservamos o direito de não publicar comentários considerados inadequados por diversos motivos, ou ofensivos. Obrigado.

  31. Gilmar Silva

    Pessoal ba Tarde

    Eu quero entender lógico com a isençaõ de sempre do site, a briga vista da questão religiosa, já que um lado e mulçumano e outro judeu, isso tem alguma influencia nesta guerra?
    Agradeço

  32. Vel Medeiros

    Pessoal a faixa de gaza fica entre Egito e Israel? ???tem certeza? No mapa mostra diferente

  33. Martins

    Porque os outros países (ONU) não interveem, dividem os territórios (Estado Palestino e Estado Israelense)?

  34. clovis sapun

    Com certeza algo ou alguem está um tanto quanto errado (rsssssssss) pois se juntarmos TODOS , eu disse TODOS os governantes dos paizes e nações que hoje estão em guerra, colocarmos eles em um local fechado, e dizer LUTEM , um monte deles vai querer cair fora pra não tomar uns tapas, mas ……..se perguntarmos a cada um deles o PORQUE estão guerreando, T O D O S dirão em únissono, “ESTAMOS GUERREANDO PELA P A Z ” . Então, como entender o mundo?????????

    Acho que DEUS, em TODO O SEU PODER , FICA PENSANDO E SE PERGUNTANDO: PÔ SEMPRE PENSEI QUE ERA INCAPAZ DE COMETER ERROS,MAS…………

    QUE M E R D A EU FIZ QUE DEU TUDO ERRADO ????????

  35. Neto

    Pessoal, tentem entender, não é porque Israel e desumano, mais se forem analisar a Palestina soltou muito e muito mais que Israel com a diferença que Israel estava mais bem preparada para se defender. Se pararem pra pensar se Israel não tivesse a defesa anti-misseis, ela já tinha sido varrida do mapa com a quantidade. No dia do Cessar Fogo a Palestina não respeitou e enviou à Israel muito mais misseis enquanto eles estavam retirando os feridos. Acho apenas que deveríamos parar de prestar atenção em quem está certo e torcer pra ter paz logo.

  36. Eduardo Batista

    São tantos comentários, tantas opnioes, que as vezes fico muito confuzo.
    Gostaria de entender de uma maneira mais simples, todos esses conflitos.
    Se é que é possível.
    O porque de tantas mortes… crianças meu Deus será que um dia isso vai acabar!!!
    Me ajudem.

  37. Cicero Reis

    Em conseqüência do conflito Israel x palestina o Brasil chamou seu embaixador em Israel, foi desrespeitosamente xingado e chamado de anão diplomático pela imprensa israelense e por um cidadão debochado que se dizia diplomático Israel, como se aquele país possuísse diplomacia própria, sua diplomacia é feita pelo seu protetor financeiro: os Estados Unidos, que lhe permite cometer atrocidades e crimes de guerra contra os palestinos, sob a apatia covarde do mundo inteiro e, pasmem, o governo brasileiro foi atacado também pela imprensa brasileira, a maior revista do Brasil classificou a ação brasileira como ataque a Israel, alegando que o Brasil não teve a mesma postura no conflito Rússia x Ucrânia, entre outros, essa mesma imprensa que ataca o seu país fala das sanções européias e estadunidenses impostas à Rússia, mas não fala por que esses países não impõem nenhuma sanção a Israel !, será por que os Estados Unidos são os maiores culpados pelos conflitos que tem massacrado os palestinos e a ONU não resolve o problema por que é apenas um escritório mundial comandado pelos Estados Unidos, mas isso não merece nenhuma crítica da imprensa brasileira !. É a velha e conhecida bajulação e submissão aos Estados Unidos impostas pela imprensa aos brasileiros, desde o seu primeiro ano de vida, onde todos tem que aceitar que América é apenas os Estados Unidos e americanos são apenas os estadunidenses!, isso é apenas um exemplo.

  38. Adelmo Principe

    Não haverá solução para conflitos entre os homens e até entre nações inteiras enquanto houver o desequilíbrio de forças. A agressão desmedida e pilhagem estará a favor do lado mais poderoso e/ou armado. É uma lei básica da natureza, sempre que uma ação não gera uma reação de igual proporção e de sentido contrário, um dos lados triunfa; é fato. Se fosse possível desarmar todas as nações para impossibilitar digladiarem-se teríamos um mundo melhor e vocês veriam como estou certo, como não é mais possível isso, o jeito é a outra alternativa de busca do equilíbrio, armar a todos – como exemplo temos RUSSIA e EUA, xingam-se, acusam-se, impõem sanções, aterrorizam e subjugam os mais fracos mas não guerreiam entre si. Estou certo de que assim ficaria mais fácil valorizar o mais precioso dom que o criador nos deu, o dom da existência própria e dos outros, se não é porque não merecemos estar aqui mesmo e FIM.

    • David

      Adelmo, estou com você. De vez em quando a gente lê verdades como essa e que não agradam muita gente… Parabéns!

  39. Rafael

    Excelente texto! O Me Explica deveria virar um programa, hein? Na TV ou Internet!

  40. Leozimar

    e muito triste gente,,,vermos tanta derramação de sangue, pelo que vejo a muitas duvidas de qm e certo ou errado sinceramente minha mente ta confusa. mas se ve q muitos paises estao unidos nesta guerra e se escondendo atraz de um escudo ou seja financiando guerras, por beneficios de q nada justifica mortes, por mais q desde q nasci vejo ouvir das guerras destes paises, a intolerancia e a falta de amor atrofiaram dentro destas pessoas e sinceramente q futuro teriam essas crianças inicentes que morreram ja nascem com odio com uma opiniao q deve um dia morrer pelo seu pais matando mais gente… Uma regiao que sempre se esteve em guerra, me desculpe mas nao somos nos q vamos mudar isso com nossas opinioes, se ainda temos amor em nossos corações q levemos nossas vibraçoes de amor e q Deus possa ter misericordia de todos. Afinal nao importa o q eles defendem na teoria de fe todos somos filho de um mesmo Pai! Reclamamos do nosso Brasil eu mesmo sou muito indignada com tudo q se ve no nosso pais…ou seja cada povo tem suas maldades e suas verdades, vamos cada um cuidar de si q o q mais precioso q Deus nos deu uma oportunidade individual de sermos melhores!

  41. Lázaro

    Sei que muitos estão apoiando a palestina, mas quando alguém mata alguém de sua casa você fica com raiva, então Israel se defendendo e o grupo Hamas esta usando igrejas,escolas então eles são covardes de fazer isso. Então eu apoio Israel e tomara que essa guerra acabe

  42. Daniel

    Acho que deveria ser dito, amem-se uns aos outros deixem a guerra de lado, ficar julgando as vezes é fácil mas o governo brasileiro poderia dar conselhos de amor e não de ódio assim só incita a violência nesse povo governante que já tem a mente limitada.

  43. Hilda

    Muito bom esse site, esclarecedor apesar das divergências, a nós só resta orar á Deus que traga a paz e que os conflitos sejam resolvidos.

  44. rafael

    muito triste eu fui ler para fazer minha lição e vi como é triste

  45. Daniele

    Procurei por diversos sites uma explicação para todo esse conflito. Aqui foi o que mais me esclareceu, e melhor, de uma forma simples e clara. Obrigada!

  46. Rodrigo

    Se você não é partidário tire essa frase: Existem muitas discussões a respeito dessa desproporção de forças entre Israel e Palestina, mas isso cabe aos especialistas dizer.

    Conheço a arte amigo, mais tendencioso que isso é impossível, se quer ser neutro e quer ter respeito seja neutro de fato ao contar histórias e verifique se a informação é real, essa frase sua que colei tira todo seu crédito, o que era sério virou achismo sobre “muitas discussões” da “desproporção de Israel”. Só cego não vê o que você fez. De esquerda tá na cara que você é. Peça o fim das mortes de civis, é só isso que deve te interessar, já a solução eles que se resolvam diplomaticamente. Qualquer caminho fora desse é um erro pra ambos. Seja um cidadão do mundo, você é ser humano em primeiro lugar.

    • Me Explica?

      Caro Rodrigo. Respeitamos e aceitamos sua opinião. O site tenta explicar as notícias de maneira simples e não é nossa ideia tomar partido nas questões explicadas. Quando o fazemos, deixamos claro e explicamos o porquê disso. Nesse caso, deixemos que o leitor julgue por si próprio. Os especialistas têm muito mais recursos do que nós para fazer afirmações a respeito desse assunto. Guerras são sempre lamentáveis, especialmente quando inocentes morrem. Obrigado por escrever.

  47. bernardo meyer

    Recomendo a todos a leitura de bons livros da História Universal, senão vou ter que concordar com o embaixador que classificou o Brasil de “anão diplomático”, e acrescentar o qualificativo de “anão histórico”.

    Brasileiro conhece quase zero de história e dá opiniões distantes “quilômetros luz” da realidade.

    Estudem o bloqueio continental, Império Otomano e depois a colonização dos ingleses na África e nos território ditos árabes. Vocês vão descobrir quem fomentou os conflitos atuais, e quem escravizou chineses, indianos e etc.

    Um artigo que ajuda, por ter um resumo é:

    http://comentandohistoriauniversal.blogspot.com/2014/07/o-conflito-palestino-israelense.html

    A cada ano o currículo história sofre novos cortes, e no Brasil o discurso de “Politicamente correto” vem piorando a interpretação histórica. Daí vem os disparates que vemos escritos.

    • david

      bernardo meyer:
      Brasileiro conhece quase zero de história e dá opiniões distantes “quilômetros luz” da realidade.

      Olhe-se no espelho e diga essas palavras…
      Você sabe das invasões Judaicas contadas no Velho Testamento deles?

  48. Maria Vicentina

    Acho que todos merecem uma explicação sobre o conflito israelo-palestino, um ódio milenar, onde nunca haverá um vencedor ou vencido. O problema existe desde os tempos do Rei David. Recomendo que leiam o livro EXODUS de Léon Uris, e vcs vão ter uma visão da origem deste ódio, entre duas raças malditas e fanáticos religiosos, numa terra sem a mínima expressão no mundo, mas com o poder de motivar uma terceira guerra mundial… É melhor nós brasileiros não darmos palpites sobre a questão, para que não atraiamos seu furor sobre nosso país. Existem vários grupos deles em nosso país que vigiam quem fala do Islã, são vingativos e camicases… A morte para eles significa expurgação dos pecados… Não têm nada a ver com a nossa cultura ou crença, É melhor não ficarmos preocupados com seus problemas… O Brasil é outra coisa.

  49. lene angeli

    Essa Guerra , de família, é uma rixa, e um fruto de discriminação.

  50. Djonathan Plentz ...

    E o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão, e lhe obedecerão.
    AMEM…

  51. Celso

    Fala Bruno!

    Parabéns pelo texto. E não ligue para os comentários.
    É sempre assim: complicar para muitos é mais fácil que simplificar.

    Só acho que, independente de “escolher um lado”, fatos são inegáveis. E é fato a disparidade bélica, econômica, e de condições mínimas para sobrevivência dos dois lados.

    Não tema: escreva!