Supostos soldados russos patrulham aeroporto na Crimeia em 28 de fevereiro (Foto: Wikimedia Commons)

Vi que, na semana passada, um avião caiu na Ucrânia. Foi terrorismo?
Ainda não se sabe com certeza que o avião foi derrubado por alguém, informa o site Vox (clique para ler). Essa é a principal teoria para explicar o porquê o voo da Malaysia Airlines ter caído na Ucrânia.

Mas quem poderia ter feito isso?
A área por onde o avião (Donetsk, no leste do país) estava passando é controlada por grupos que são contra o novo governo da Ucrânia. Eles querem que o país inteiro seja anexado (incluído) à Rússia. Mas o UOL informou que ninguém assumiu ter derrubado o avião: nem os rebeldes, nem a Rússia, nem a Ucrânia (clique para ler).

Esses rebeldes apareceram como?
No final de 2013, o então presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, não aceitou fazer um acordo que aproximaria seu país da União Europeia. Ele fez isso porque é ligado ao presidente russo Vladimir Putin.

Bom, e porque o Putin não queria?
Porque a Ucrânia é rica em petróleo e gás natural e ele queria continuar a ter os acordos vantajosos que o ex-presidente Yanukovich fazia com a Rússia.

E o que isso tem a ver com essa guerra?
O povo da Ucrânia saiu às ruas para protestar. Na época, a imprensa disse que era só por causa desse acordo não-feito com a União Europeia, mas jornalistas ucranianos disseram que era contra o governo de Yanukovich de uma forma geral. Ele era muito autoritário e havia várias denúncias de corrupção contra seu governo. A polícia foi muito violenta e isso acabou gerando ainda mais protestos. Leia mais sobre isso num post aqui do Me Explica (clique para abrir).

O que aconteceu com o ex-presidente?
Ele foi derrubado. A pressão das ruas foi muito grande e Yanukovich acabou perdendo o cargo. O país fez uma nova eleição e tem um novo presidente.

O Putin não fez nada?
Oficialmente, não. Mas logo em seguida grupos separatistas começaram a aparecer na Crimeia, no leste da Ucrânia. Eles protestavam contra o novo da Ucrânia e pediam que a Rússia anexasse a região. O Parlamento da Crimeia fez um plebiscito para perguntar aos seus habitantes se eles queriam fazer parte da Rússia. O “sim” ganhou e a Rússia invadiu a região e pôs sob o seu domínio.

E agora?
Agora é necessário entender o que aconteceu com o avião para determinar quem ou o quê foi responsável pelo acidente. Isso será difícil porque a aeronave caiu numa região dominada pelos rebeldes pró-Russia. Existe o medo de que eles tenham alterado os destroços para que não se saiba o que aconteceu. Por outro lado, a Rússia acusou os EUA de manipular informações para acusar o país de Putin de ter abatido o avião.

LEIA MAIS:
Entenda o conflito envolvendo Ucrânia e Rússia (UOL)
Tudo o que você precisa saber sobre a crise da Ucrânia (Vox, em inglês)
– Ucrânia, Rússia e rebeldes negam ter abatido avião (UOL)
Por que estão protestando na Ucrânia? (Me Explica?, em 21/2/2014)
O que está acontecendo na Crimeia? (Me Explica?, em 7/3/2014)
A Crimeia vai virar parte da Rússia? (Me Explica?, em 18/3/2014)
Rússia acusa Estados Unidos de falsificar evidências do voo MH17 (Yahoo, em inglês)