O SUS será reduzido? Vai acabar? Entenda

Texto: Ariadne Bognar
Imagem: Agência Brasil

O que é o SUS?
É o Sistema Único de Saúde, criado em 1988 pela Constituição Federal, para ser o sistema de saúde dos brasileiros. As pessoas podem encontrar desde um  simples atendimento ambulatorial até transplante de órgãos, garantindo acesso integral, universal e gratuito para toda população do país.

Como ele funciona? Quem cuida desse sistema todo?
Os municípios são os principais responsáveis pelos atendimentos à população.O Governo Estadual é responsável por organizar esse fluxo e complementar o atendimento onde for necessário. A União é o principal financiador, ou seja, é quem formula os programas que serão disponibilizados pelo Sus. O investimento é definido pela Lei Complementar, que estabelece a funcionabilidade, regras mais detalhadas, de uma lei. O valor que será investido é calculado de acordo com o que foi investido no ano anterior mais a variação do PIB (produto interno bruto, a soma de todas as riquezas produzidas por um país em um determinado ano.

Quantos atendimentos são feitos pelo SUS?
São realizados cerca de 4 bilhões de procedimentos laboratoriais, mais de 530 milhões de consultas e 11 milhões de internações por ano. Ele é considerado o maior sistema de transplante de órgãos do mundo, corresponde a 98% do mercado de vacinas do país e 97% dos procedimentos de quimioterapia.

Ouvi dizer que estão falando em diminuir ou até acabar com o SUS. É verdade?
É. Ou era. O atual ministro da Saúde, Ricardo Barros, deu uma entrevista dizendo que seria necessário reorganizar os gastos do SUS. Depois, o ministro deu um novo depoimento e recuou.  Ele disse que disse que o Sus “‘está estabelecido’ e que o tamanho do sistema não será revisto”. Portanto, ainda não se sabe quais serão os próximos passos

 


O que significaria diminuir o tamanho do SUS?
O ministro não disse quais serão as medidas tomadas, mas afirmou que é preciso “chegar ao ponto do equilíbrio entre o que o Estado tem condições de suprir e o que o cidadão tem direito de receber”.

Já ouvi dizer muitas vezes que o SUS é considerado um modelo para outros países, apesar de não ser perfeito. É verdade?
O Brasil é o único país do mundo com mais de 100 milhões de habitantes que possui um sistema universal, público e gratuito de saúde. Em outros países são criadas ações compensatórias que resolvem os problemas mais urgentes das populações mais pobres.


Saiba mais: 

Zero Hora: Como o SUS é financiado
Folha: Tamanho do SUS precisa ser revisto, diz novo ministro da Saúde
Zero Hora: Ministro da Saúde nega intenção de diminuir “tamanho do SUS” no país
Folha: Ministro da Saúde recua e diz não ser preciso rever o tamanho do SUS
Carta Maior: ‘O SUS tem cumprido um papel central na qualificação da democracia brasileira’