Entenda: o impeachment foi anulado?

2

Estou confuso: vi hoje que o impeachment foi anulado. Isso é verdade?
Bom, era. O presidente interino (temporário) da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão, anulou o processo do impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Mas como assim? O processo não está no Senado agora? Não ia ser votado essa semana?
Verdade. Mas a Advocacia-Geral da União havia entrado com um pedido de anulação da votação do dia 17 de abril. Segundo a AGU, há vários problemas com o processo. Entre outras coisas alegadas pela AGU, Dilma não teve possibilidade de defesa, houve irregularidades na condução da votação e os partidos não poderiam ter orientado o voto de seus parlamentares (ou seja, o partido não poderia ter uma posição “oficial” a esse respeito).

E o que aconteceria?
Segundo a decisão de Maranhão, o processo deveria voltar  à Câmara e uma nova votação iria ocorrer.

O que aconteceu?
O presidente do Senado, Renan Calheiros, disse hoje que não vai reconhecer a anulação do impeachment e a votação continua.

Agora está feito, então? O impeachment continua?
Em entrevista coletiva hoje à tarde, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, disse que recorreria ao Supremo Tribunal Federal, o STF, se o Senado não aceitasse a anulação. Ele deve fazer issso em breve.

Quem é esse Waldir Maranhão?
É deputado federal pelo estado do Maranhão, filiado ao Partido Progressista (PP) e aliado de Eduardo Cunha. Assumiu a presidência porque é o primeiro-vice. Já que Eduardo Cunha foi afastado pelo STF, ele assumiu a presidência.

ATUALIZAÇÃO

Vi hoje (10) de manhã que o tal Waldir Maranhão voltou atrás. É verdade? Ele anulou a anulação?
É verdade sim. O atual presidente da Câmara decidiu anular o que ele mesmo tinha decidido e agora a votação do impeachment está valendo de novo. Ou seja, tudo continua como antes. O Senado deve votar amanhã (11) se abre ou não o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff.


Saiba mais: 
Comunicado do deputado Waldir Maranhão
G1: Presidente em exercício da Câmara anula votação do impeachment

2 comentários

  1. Maria augusta Ferreira de moura Gonçalves

    Eu e milhares de pessoas está a favor da anulação do impitmam erá golpe com certeza

    • Marla

      Sem falar em cada desculpa desfarrapada que alguns deputados falaram que estariam votando por aniversário de filhos, em homenagem a mãe e ainda um descarado analfabeto ainda teve a cara de pau de dizer que quem ia falar o voto era o filho dele. Resumindo.
      Não vai mudar nada. Sou #ficaDilma