Vi num site que aconteceu alguma coisa com o Brexit. O quê?

O Tribunal Superior do Reino Unido (o STF deles) decidiu que o parlamento precisa aprovar o chamado “Brexit”.

Calma: mas não tinham feito um plebiscito?

Sim! No dia 23 de junho, um plebiscito foi realizado por todo o Reino Unido, perguntando se a população queria continuar ou sair da União Europeia. A maioria dos eleitores optou pela saída.

Tá. E o que aconteceu depois disso?

O Reino Unido comunicou sua saída à União Europeia e os procedimentos para que isso ocorra começaram a ser feitos.

E agora o parlamento vai votar?

Exato. Segundo o Tribunal Superior, o parlamento tem que autorizar uma mudança dessas.

O que o governo vai fazer?

Vai entrar com um recurso. A saída pode não ter sido votada pelo parlamento, mas foi aprovada nas urnas.

O que pode acontecer com o Brexit, então?

Deve atrasar, já que será discutido no parlamento.

Mas eles já não tinham saído da UE?

Ainda não. No mínimo, leva dois anos até que seja possível “arrumar” todas as leis e acordos comerciais. Tem gente dizendo que pode levar até quatro anos para que o Reino Unido saia totalmente da União Europeia.

Por que não se sabe quanto tempo vai levar?

Porque essa é a primeira vez em que um país deixa a UE.

O que vai acontecer quando o Reino Unido sair?

A princípio, o Reino Unido deixará de fazer parte dos tratados que a UE celebra, deve deixar de aceitar imigrantes com passaporte da União Europeia e terá de rever todos os contratos e acordos comerciais. O Reino Unido nunca chegou a usar o Euro como moeda, portanto, isso não muda.

O que o Reino Unido ganha com isso? E o que ele perder?

A saída do Reino Unido da União Europeia está deixando o mundo todo preocupado. A economia do Reino Unido é uma das maiores do mundo e vários países da Europa dependem dela. Além disso, muitos imigrantes dos países da União Europeia vivem no país da rainha. A vida dos estrangeiros que moram por lá pode se tornar muito difícil.  Para o resto do mundo, a União Europeia ficaria fraca e menos atraente para os investimentos e negócios.  Os defensores da saída dizem que o Reino Unido tem gastado dinheiro demais com imigrantes e políticas impostas pelas regras e decisões da União Europeia. Sair seria uma maneira de proteger a economia.

Por que tem gente dizendo que essa saída é uma vitória da direita?

Porque vários políticos conservadores lideraram a campanha pelo Brexit. Eles consideram que o Reino Unido deve ser mais seletivo com imigrantes, inclusive os da Europa, e ter uma política econômica que não dependa das decisões da União Europeia.


Saiba mais: 

UOL: Justiça decide que Parlamento deve autorizar saída do Reino Unido da UE
Público: Vencedores e derrotados do “Brexit”
Público: “O país precisa de uma nova liderança”, diz Cameron ao anunciar demissão
EBC: Brexit – Entenda o que está em jogo no referendo sobre saída do Reino Unido da UE