Hoje é um daqueles dias com um assunto só, né? Não precisa me explicar: já sei que o Donald Trump foi eleito presidente dos EUA. Mas queria entender melhor por que isso está deixando as pessoas nervosas. Me explica?

Claro! Então você já sabe que Donald Trump foi eleito e seráo 45º presidente dos Estados Unidos. Ele ganhou da democrata Hillary Clinton, apesar de as pesquisas dizerem que ela seria eleita.

Por que as pesquisas erraram?

Difícil dizer. Pesquisas de opinião sempre podem errar, isso é fato. Neste caso, o erro foi bastante grande. Para saber o que realmente aconteceu, seria necessário estudar essa questão de maneira profunda. Mas dá para pensar em algumas coisas. Por exemplo: os eleitores podem ter mudado de opinião ao longo dos meses e até dos dias. As pesquisas são feitas com base em amostras. Isso quer dizer que a empresa não irá estudar todas as pessoas do país, porque isso é impossível, claro. Então, eles selecionam um pequeno grupo que tem a mesma proporção de mulheres, homens, negros, brancos, latinos da população do país; com a mesma proporção de pessoas das classes baixa, média e alta que o país tem. E assim por diante. Pode ser que essas amostras fossem ruins e não tenham refletido a maneira como o país está pensando.

Mas o que tem de mais o Trump ter vencido?

Além de as pesquisas dizerem que Hillary ganharia, Trump é um candidato diferente dos que geralmente concorrem. Nunca foi político, nunca teve cargos em nenhum governo e não fez carreira militar. É um milionário que gastou pouco com sua campanha (comparado aos outros candidatos) e não tinha apoio de grande parte da mídia americana. Por ser imprevisível e falastrão, perdeu o apoio até mesmo de gente de dentro do Partido Republicano. Resumindo, parecia que ele estava destino a perder para Hillary Clinton, que é senadora, já foi primeira-dama e conhece muito bem o mundo da política americana.

Me diz uma coisa: é uma tragédia mesmo ele ter vencido? Por que as pessoas estão falando isso?

Bom, para uma parcela das pessoas é preocupante pensar que ele será o principal comandante dos EUA pelos próximos quatro anos. Trump defende políticas mais conservadoras do que as de Obama. Durante a campanha, sugeriu que um muro fosse construído entre os EUA e o México, disse que pretendia impedir que muçulmanos entrassem no país para combater o terrorismo. Também deu sinais de querer se aproximar da Rússia e de Vladimir Putin, um político muito criticado por ser autoritário. Muitas vezes, Trump declarou que não acredita no aquecimento global, o que significa que ações e tratados para diminuir a emissão de gases que causam efeito estufa podem ser deixados de lado.

Mas será que vai fazer tudo isso mesmo? Será que ele consegue?

Se vai fazer ou não, só o tempo dirá. Mas ele e o Partido Republicano terão bastante poder nas mãos. O partido tem a maioria no Congresso e no Senado. E Trump poderá indicar um juiz da Suprema Corte (o STF americano). O presidente eleito deve escolher um conservador para o cargo. Assim, os conservadores terão maioria na corte: cinco contra quatro.

Ele só prometeu absurdos? Nada de bom?

Prometeu reformar o sistema fiscal (de impostos) do país, e cobrar mais dos ricos e menos dos mais pobres.  “Se Trump conseguir aprovação do Congresso para sua reforma tributária, mais da metade dos cerca de 120 milhões de domicílios americanos não terá que pagar imposto de renda a partir de 2017”, diz uma matéria da DW. Disse que vai diminuir o imposto pago pelas corporações e acabar com a taxa sobre heranças.

E o que pode mudar para o Brasil?

Algumas coisas. Os EUA devem se fechar para produtos brasileiros, porque Trump é protecionista (acredita que o mercado interno de seu país deve ser protegido e importar menos produtos para incentivar a indústria). Durante a campanha, o republicano não mencionou o Brasil, então não está claro como ele enxerga nosso país. Temos de esperar para ver.


Saiba mais:

Nexo: O que a vitória de Trump representa para a história?

DW: Os planos de Trump para economia

BBC Brasil: Como a vitória de Trump pode afetar o Brasil?

Um comentário

  1. Adauto de Lima Fraga

    O Trump é o Tiririca dos americanos. Veja ele é um palhaço no mau sentido, disse abertamente tudo que iria fazer caso ganhasse as eleições. Vocês concordam que isso foi uma brincadeira que deu certo. Veja ninguém que queira ganhar uma eleição diria tudo de ruím e besterol que o Trump disse. Após ter sido eleito, ele mesmo não acreditou.

    Infelizmente vejo tempos tenebrosos não só para os Estados Unidos, mas também para o mundo. Trump é imprevisível e não é confiável, eu sempre achei o nosso povo ignorânte politicamente, mas, acho que o povo americano nos superou. Caso o sistema eleitoral dos Estados Unidos fosse através de eleições diretas como é no Brasil, o Trump estaria fora.

    Os Estados Unidos precisa urgentemente rever o seu modelo eleitoral que é de 1.700 e bolinha. Agora a coisa ficou feia…..vejo pela frente um impeachment igual o que ocorreu em noso país. Jamais eu imaginaria um “DITADOR” nos Estados Unidos, mas, é isso que vai acontecer. América “GOD BLESS YOU”!!