Com informações do plus55.

Ontem o Temer disse que vai indicar o Alexandre de Moraes para o STF. Quem é esse cara?

Atualmente, ele é ministro da Justiça. Já foi secretário de Gilberto Kassab na prefeitura de São Paulo e no governo do estado de São Paulo, como Geraldo Alckmin. Além disso, ele é professor na Faculdade de Direito da USP e filiado ao PSDB.

Ele já vai começar a trabalhar no STF?

Ainda não. Depois de indicado pelo presidente, ele precisa ser sabatinado (fazer uma entrevista) e aprovado pelos senadores. Se for aprovado, aí sim pode assumir o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal.

O presidente pode indicar quantas pessoas ele quiser?

Não. Apenas pode fazer isso quando há vagas no STF. Moraes vai ocupar o lugar que era de Teori Zavascki, que morreu no mês passado.

Estou vendo muita gente criticando a nomeação dele. Por quê? O Temer não pode nomear quem ele quiser?

Verdade. Quem escolhe a pessoa que será indicada ao STF é o presidente. Tem razão. Mas as pessoas que são contra, argumentam que ele tem posições muito conservadoras. Que um ministro do STF deveria ser mais equilibrado em certas questões. Outro problema é sua vida política: ele é membro do PSDB e tem atuado em governos nos últimos anos. Os críticos acham que é ruim para o STF ter uma pessoa tão próxima de um partido político, porque isso poderia favorecer as pessoas próximas a esse partido.

Ele vai assumir a Lava Jato?

Não. Isso já foi definido. O novo relator da Lava Jato no STF é o ministro Edson Fachin. Alexandre de Moraes vai apenas poder votar nos julgamentos que dizem respeito à Lava Jato, como todos os outros ministros. Esse fato, aliás, é um dos que motiva as críticas. Não seria bom ter uma pessoa tão próxima ao PSDB e ao governo no STF porque ele poderia ter a vontade de “livrar a cara” de seus colegas. Vários políticos do governo estão sendo investigados pela Lava Jato, como Aécio Neves (PSDB), Michel Temer (PMDB) e Romero Jucá (PMDB). Alexandre de Moraes é parte desse governo. Ele poderia, então se sentir tentado a “ajudar” seus amigos e colegas.

Ele vai fazer isso?

Não temos como saber. Só poderemos ter certeza quando o novo ministro começar a trabalhar.

Você falou que ele tem posições que são criticadas. Quais são elas?

Como ministro da Justiça, Moraes disse que quer erradicar a maconha do continente americano. Dessa maneira, pensa ele, o tráfico de drogas praticamente deixaria de existir. Essa visão é criticada por gente especializada nessa área. Uma saída que está sendo colocada em prática em vários países (Uruguai e Estados Unidos, por exemplo), é fazer com que o plantio e a venda de maconha deixe de ser ilegal. Outra controvérsia diz respeito a como ele lidou com a crise do sistema prisional. Ele foi criticado por não oferecer nenhum tipo de solução para as rebeliões e massacres que aconteceram nos presídios de Amazonas e Rio Grande do Norte no mês passado.

Vi uns posts dizendo que ele é do PCC. É verdade?

Alexandre de Moraes atuou como advogado entre 2010 e 2015. Um dos seus clientes foi uma cooperativa de transporte que era ligada ao PCC. Isso não quer dizer que ele seja integrante ou membro da facção. Apenas que teve um cliente com esse tipo de ligação. Muitos advogados defendem pessoas que cometeram crimes ou são parte de organizações criminosas. Não significa que eles próprios tenham algum tipo de envolvimento em atividades ilegais.

Ah, calma aí. É muito suspeito isso! Tão próximo assim e você vai me dizer que ele não tem nada a ver com o PCC?

Você tem direito de acreditar no que quiser. Mas, até hoje, nunca apareceu nenhuma prova de que Alexandre de Moraes tenha ligações com o PCC. O fato é esse.

Eu achava que esse site era petista. Agora estou achando que é meio coxinha…

De novo: você pode ter essa opinião sobre a gente, não tem problema. Mas estamos apenas apresentando o que se sabe a respeito do novo ministro do STF. Achamos importante informar às pessoas o que pode ser comprovado ou não. Opinião é direito de todos. Mas nós precisamos tomar cuidado para não misturar o que achamos com a realidade.

 

3 comentários

  1. Renato Morais

    Excelente texto!!! Como vocês sempre mostram apenas os fatos, são taxados de petistas.. porque os fatos nunca escondem o absurdo que é as pessoas colocarem a culpa de tudo no PT e esquecer das falcatruas do PMDB, PSDB, DEM, etc.

  2. Thiago Cristian

    Adorei, o texto é uma linguagem de bastante entendimento fácil pra quem é “iniciante” nas leituras desses tipos de informação…